Cuidar de Quem Cuida | Enquadramento
16534
page,page-id-16534,page-child,parent-pageid-15766,page-template,page-template-full_width-php,ajax_fade,page_not_loaded,,,wpb-js-composer js-comp-ver-4.1.3.1,vc_responsive

Enquadramento

enquadramento

O projeto Cuidar de Quem Cuida, decorrido entre 2009 e 2013, foi reconhecido por todos como um projeto inovador e de sucesso ao nível da intervenção junto de cuidadores informais de pessoas com demência.

Agora, no âmbito do Programa Cidadania Ativa, cujos fundos são provenientes do Mecanismo Financeiro do Espaço Económico Europeu, em Portugal geridos pela Fundação Calouste Gulbenkian, apresenta-se com novas ações junto deste público-alvo. O projeto Cuidar de Quem Cuida enquadra-se no Domínio C: Reforço da Eficácia da ação das ONG´s. Para mais informações sobre o programa clique aqui.

O promotor deste projeto é o CASTIIS, tendo como parceiros a Câmara Municipal de Santa Maria da Feira, o Centro Hospitalar de Entre o Douro e Vouga, EPE e o CASO50+, Associação. Consulte Organograma aqui.

O projeto Cuidar de Quem Cuida decorrerá entre 2014 e 2016, sendo constituído por duas componentes de ação que abrangem o território da região Entre o Douro e Vouga e da Área Metropolitana do Porto.

mensagem do Castiis

Portugal, a par dos países europeus, vive hoje um envelhecimento demográfico. No fundo, significa que existem mais pessoas idosas do que pessoas jovens. Este enquadramento obriga a muitas preocupações sociais, de saúde e financeiras, uma vez que é necessário haver respostas específicas para esta “nova” geografia populacional. A verdade é que se têm vindo a fazer bons trabalhos na área do envelhecimento, não só na nossa região, mas por todo o país. No entanto, não podemos apenas centrar-nos na pessoa idosa sem olhar para o contexto, para a família e para a sociedade em que vive. Por conseguinte, a sua intervenção também deve ser pensada deste modo, e não isoladamente. A demência é uma das condições que maior dependência causa nas pessoas, quer ao nível pessoal, como ao nível financeiro, e que tem um grande impacto na vida do indivíduo e da família. Cuidar de uma pessoa com demência é uma tarefa complexa e de grande sobrecarga psicológica. Como tal, é fundamental que este cuidador tenha os conhecimentos e as competências necessárias para cuidar bem da pessoa doente. Este é o papel do projeto Cuidar de Quem Cuida: ajudar os cuidadores informais a cuidar da pessoa com demência, promovendo a saúde e bem-estar de ambos.

A consciência desta necessidade surgiu em 2009, quando o Castiis abraçou o projeto Cuidar de Quem Cuida, em parceria com a Câmara Municipal de Santa Maria da Feira e a UNIFAI – ICBAS.UP, na criação de respostas específicas ao cuidador informal de pessoas com doença de Alzheimer, através de um programa psicoeducativo, da formação e criação de bolsas de cuidadores formais e voluntários de apoio a este público. Término o financiamento deste projeto, decorrido entre 2009 e 2013, e perante os resultados positivos na saúde e qualidade de vida dos cuidadores informais de pessoas com doença de Alzheimer, mas também dos próprios doentes, o Castiis manteve o seu total empenho e compromisso em dar continuidade ao projeto Cuidar de Quem Cuida, em criar respostas inovadoras e, cá estamos nós! O novo Cuidar de Quem Cuida vem complementar as respostas anteriores com a criação de Gabinetes de Apoio ao Cuidador na Região EDV e levar o programa psicoeducativo para os restantes municípios da Área Metropolitana do Porto, replicando e partilhando as nossas melhores práticas.

 

Madalena Malta

Diretora Técnico e Pedagógica do Castiis

Coordenador do projeto CQC

logosCQC